quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Dia dos Mortos

Não passou em branco mas resolvi não postar nada para não exarcebar sensibilidades. Muitas amigas minhas perderam seus pais. Eu mesmo, na condição de pai, imagino minha filha e filho num dia como esse. Não é inspirador de coisas felizes. Embora eu fosse postar sobre outras culturas, em que a passagem é vista com alegria.

Uma amiga disse que chove porque Deus não tem kleenex quando chora pelos mortos.
Como é que ele vai chorar vendo um filho voltar para seus braços, sua casa, seu paraíso?
Isso é que a gente não entende.
E quem fica, logo logo, vai se juntar a ele e Ele também.
Ou seja, 'encontros e despedidas' seria a música do YouTube que eu postaria.

Mas não postei nada.
Para encerrar o post então, uma foto dessas de powerpoint que circulam pela internet.


Se alguém desistir
no INVERNO,
perderá as promessas
da PRIMAVERA, 

a beleza do VERÃO 
e
a expectativa
do OUTONO.

2 comentários:

Paula Barros disse...

Hoje fui ao enterro de uma colega -45 anos. Deixou dois filhos 16 e 09. Antes mesmo de sofrermos a ausência de quem morre, sofremos por outras questões. E neste caso me preocupo com os filhos, com o mais novo principalmente.


Bom final de semana!

khmer news disse...

hi friend,could me exchange link together?
hop we it it will be bether than now this is mine:
http://papafuck.blogspot.com/
http://sosexydress.blogspot.com/
http://thaihotgay.blogspot.com/
how we can do , thank for kindness