terça-feira, 27 de novembro de 2012

Muito além de nossa biologia Animal

As chaves de Enoch: "Biologia Molecular" é um artigo que eu estava lendo no site da Star Healing, com os trabalhos da incrivel Carla Varella. Convido o leitor a uma passada por lá. As terapias multidimensionais, que olham para o ser humano como sendo muito mais que células, fibras e fluidos, vem ganhando cada vez mais espaço neste mundo moderno. Descobrimos que as maneiras de encarar o problema se completam, e que "(...) a biologia molecular trabalhará com a astronomia médica, (...)".

Deixamos de olhar simplesmente para remédios ou "principios ativos", para olhar para o ser, no sentido amplo. Veja como muda sua perspectiva quando você lê afirmações como:

1. Está em andamento dentro de todos os sistemas biológicos uma trajetória de permutabilidade para padronizar níveis vibratórios especiais. Nosso corpo galáctico de criação controla suas funções renovadoras mediante linhas axiatonais meridianas, as quais são o equivalente das linhas da acupuntura que podem se conectar com sistemas estelares ressonantes

2. Estas linhas axiatonais não estão limitadas a um corpo físico ou a uma criação biológica, mas são ilimitadas e podem conectar o veículo corporal com as linhas axiatonais que emanam de numerosas populações estelares e que existem como mecanismos do código químico.

3 Quando o Homem puder descobrir a conexão entre seu espaço de vida e as malhas axiatonais controlando o corpo através da divisão celular contínua, o Homem terá uma nova superciência conhecida como astronomia médica.

4. Pois o corpo humano é um microcosmo ou um pequeno campo de espaço-tempo dentro de um campo maior. Se pudermos manter esta visão, podemos reconhecer que a acupuntura é uma das primeiras demonstrações empíricas do escalonamento biológico dentro do universo.

Divirta-se. Em http://www.starhealing.com.br/index.html



sábado, 6 de outubro de 2012

O Animal dentro de você pode ter raiva

Tenho muita raiva, às vezes. Mas não como o poderoso Hulk, que confessa que seu segredo é ter raiva o tempo todo, e por isso a controla e a usa. (Veja o filme "Os Vingadores")

A raiva pode facilmente tornar-se a emoção a quem sempre recorremos, e pode ser prejudicial. Pense um pouco, segure as pontas, e para remediar isso caso seja um problema, pegue umas dicas com um bom Psicólogo. Ele(a) vai te dizer que você precisa começar a perceber quando e por que você fica com raiva.
"Às vezes, quando sentimos raiva, ela está vindo de um lugar profundo, que pede um reconhecimento e forma de expressão. Nessas horas, é importante que encontremos maneiras saudáveis ​​de honrar a nossa raiva, lembrando o quanto é perigoso para nós, reprimi-la. No entanto, a raiva também pode se tornar um hábito, o nosso paradeiro sempre que as coisas dão errado. Muitas vezes isso é porque, por algum motivo, nos sentimos mais confortáveis ​​expressando raiva do que quando temos outras emoções, como tristeza. Também pode ser que ficar com raiva nos dá a impressão de que fizemos algo a respeito do nosso problema. Nesses casos, nossa raiva habitual vai inibir tanto a nossa capacidade de expressar nossas emoções e quanto a capacidade de deixar outros sentimentos agir em nossas vidas.
Se é verdade que a raiva está funcionando desta forma em sua vida, a primeira coisa que você pode querer tentar fazer é notar quando você fica com raiva. Você pode começar a ver um padrão de algum tipo. Por exemplo, você pode notar que é sempre a sua primeira resposta ou que se trata de uma resposta a uma situação particular. Se o padrão não fica claro de imediato, você pode tentar manter um diário sobre quando você fica com raiva e ver se você pode encontrar qualquer significado subjacente. A coisa boa sobre manter um diário é que você pode explorar a sua raiva mais profundamente nele.

Este tipo de auto-percepção pode ser um agente de transformação formidável.
A raiva pode ser um poderoso aliado, uma vez que é um sentimento cheio de energia que podemos aproveitar e usar para criar uma mudança no mundo. É uma das emoções mais catárticas, e que também pode ser um produto de limpeza muito eficaz do sistema emocional. No entanto, quando se torna um hábito, ela realmente perde o seu poder de transformar e se torna um obstáculo para o crescimento. Identificando as peças do quebra-cabeças do papel da raiva na sua vida, quem sabe voce poderá restaurá-lo à sua função adequada, e trazer nova energia e expansividade para a sua vida emocional." 


Tirado de Habitual Anger/ Unblocking the Ally

by Madisyn Taylor

domingo, 30 de setembro de 2012

Passe uma borracha no sonho que te passaram



Tem certeza de que hoje você está acordado?
Será que não está em um sonho, vivendo ilusões, acreditando em coisas que a sua mente recebeu como verdade... mas tudo foi plantado em você como um encanto de magia, será que isso é possível?
Durante um sonho, certamente é. E durante o 'estar acordado', também.

Portanto hoje poderá estar no meio do que você considera um pesadelo, um sonho ruim e verdadeiro. Sonho, sim. Mas verdadeiro, não. Você é que resolveu acreditar que as circunstâncias ao seu redor são prejudiciais a você, que são uma experiência ruim, que são verdadeiras.

Nossa educação inclui muito da filosofia judaico-cristã ocidental, em que a grande parte da atenção é dada ao pecado. A primeira coisa que nos ensinam são os pecados capitais. Muita atenção com os sete, e dezenas de outros que são os desdobramentos dos originais. Depois vêm Dez Mandamentos, com "Não matarás!" Sem falar depois nas inúmeras punições e penitências a seguir.
Com tanta atenção no que não fazer, e um número tão grande de tópicos, só mesmo Superhomens para seguir o caminho da verdade, da felicidade, da comunhão com o Divino.

Por isso acho tão fantástica a Filosofia Tolteca, colocada a nosso alcance na obra de Don Miguel Ruiz,  no livro Os quatro Compromissos (e outros sobre o mesmo tema).

São apenas quatro coisas, simples e profundas, para a libertação do mundo da ilusão e conquista do mundo da realidade, da verdade, da meditação, da iluminação, da paz. Um guia para ser impecável que não requer saber sete pecados originais nem uma centena de outras instruções do que fazer e não fazer. 

Já postei sobre isto antes, meu primo/irmão já postou no seu blog Anexo Sem Nexo, e espero que as palavras sejam lidas. A palavra é o instrumento mais poderoso do Homem. Usá-la corretamente é não contrariar sua natureza, é assumir a responsabilidade por seus atos, pensamentos e sentimentos, sem julgamentos ou culpas.  Ser impecável com a própria palavra é empregar corretamente a sua energia, ou seja, não desperdiçar ou perder energia e poder pessoal. É usar a palavra na direção da verdade e do amor por você. Se você se comprometer a ser impecável com sua palavra, basta essa intenção para que a verdade se manifeste por seu intermédio e limpe todo o veneno emocional que existe em seu interior.

Esse seria o Primeiro Compromisso.

Outros Sites como o "Somos Todos Um" também tem materiais para quem ainda não leu o livro ou não tem meios de conseguir um exemplar. 

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Fale bem baxinho, e ouça uma voz que fala assim


Você deve ter notado que, se você quiser falar com alguém em uma sala barulhenta e lotada, a melhor coisa a fazer é se aproximar e usar um sussurro. Gritando, em uma tentativa de ser mais alto do que o ruído da sala, geralmente só dói a sua garganta e contribui para o caos.

Uma sutil, porém profunda, voz dentro de cada um de nós não tenta competir com a agitação na superfície de nossas mentes, nem tenta dominar o volume estridente do mundo exterior . Se queremos ouvi-la, não importa o que está acontecendo ao nosso redor ou mesmo dentro de nós, podemos sempre entrar em sintonia com essa voz lá de dentro.

As vozes mais insistentes em nossas cabeças, aquelas que gritam e nos fazem sentir pânico ou medo, são de autoridade duvidosa. Eles podem ser vozes que internalizamos desde a nossa infância. Podem ser de nossa cultura e, como tal, possuem apenas meias-verdades. Sua urgência decorre da sua desconexão do centro de nosso ser, e sua urgência é o que chama a atenção.

A outra voz, aquela profunda e que fala baixinho,  que é do BEM, simplesmente transmite sua mensagem com confiança e calma. Uma vez que a ouvimos, nós sabemos que fala a verdade. Geralmente, quando ouvimos o que ela tem a dizer, uma poderosa sensação de calma se instala sobre o nosso ser, e as outras vozes e sons, uma vez tão dominantes, desaparecem no fundo, de repente, parecendo pequenas e distantes.

Podemos ser menos propensos a entrar em conversa fiada quando nós nos tornamos mais interessados em manter a nossa ligação com o sussurro da verdade, que transmite a sua mensagem como o som do vento balançando as folhas de uma árvore. Alinhe-se mais com essa voz que fala baixo, com a confiança tranqüila,  penetrando o barulho do mundo, e criando mais paz para o seu dia.

(extraído de Underneath the Noise  /   Hearing the Whisper  /  by Madisyn Taylor)

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Comece o dia com energia máxima e sucesso animal

(credito imagem:  http://www.marketo.com/)

1 - Não olhe o seu e-mail  na primeira hora.

Sério! Pare com isso.

"Se algo precisa urgentemente de minha atenção, alguém vai mandar txt msg ou ligar."
Tem um ótimo livro da Julie Morgenstern sobre gestão do trabalho com o título Never check your Email In The Morning.

2 - Tenha consciência do que você tem, seja grato por tudo.

Tony Robbins sugere a criação de uma "Hora do Poder", "30 Minutos para prosperar", ou pelo menos "quinze minutos para a realização." Parte do que envolve exercícios leves, parte dela envolve pensamentos motivacionais, mas na essência separe 10 minutos para pensar em tudo o que você é grato: por si mesmo, sua família e amigos, sua carreira, e similares. Depois disso, visualizar "tudo o que você quer na sua vida como se você tivesse hoje."

3 - Faça o que mais te desagrada logo de cara.

Tem outro livro de Brian Tracy de gestão de tempo, "Eat That Frog". Inspirado em Mark Twain dizendo que se você comer uma sapo vivo no início da manhã, você deixou  para trás o pior, e para o resto do dia, nada mais parece tão ruim.

"Escolha o seu sapo, e escreva-o em um pedaço de papel que você vai ver quando chegar em sua mesa na parte da manhã."

4 - Pergunte a si mesmo se você está fazendo o que quer fazer

Olhe-se no espelho toda manhã e pergunte: "Se hoje fosse o último dia da minha vida, eu ia querer fazer o que estou prestes a fazer hoje?" E sempre que a resposta for "Não" por muitos dias seguidos, vai se dar conta que precisamos mudar alguma coisa.

5 - "Atendimento ao Cliente" (ou seu próprio equivalente)

Aproveite para responder a reclamações de usuários e clientes aborrecidos. Isso te ancora na realidade. Pode ser também manter contato com os colegas de anos atrás, falando com colegas de trabalho que não interagem regularmente com você, fazendo perguntas aos seus mentores, e geralmente só manusear o lado humano do trabalho que rapidamente se perde entre os itens da lista de tarefas.

sábado, 18 de agosto de 2012

O dinheiro. Não, muito dinheiro.

Se você tem frequentemente acessos de preocupação em relação ao dinheiro, relaxe. Você não está sozinha(o). Eu tenho. E claro que na maior parte do tempo, não há razões reais ou concretas para isso. Se fizermos um exercício na ponta do lápis, é possível ver o quanto poderíamos deixar de gastar e mesmo assim manter um grau de atendimento de nossas necessidades bastante razoável. A saída para essa preocupação me ocorreu hoje pela manhã, ao ler dois artigos na revista GoWhere Business. (www.gowhere.com.br)

Comece pela lista das 36 pessoas mais ricas do Brasil. Veja como subir uma posição nesse ranking é infinitamente mais difícil que uma ultrapassagem no GP de Mônaco de Formula 1, e como demora! Como cada um sofre a vida inteira, ou as vezes várias gerações, para acumular uns dois bilhões de dólares (US$2,000,000,000.00 só pra lembrar quantos zeros tem esse número), e ainda assim ficar na (ridícula) 25a. posição (vigésima quinta) !

Você não teria vergonha de entrar numa corrida e terminar em 25o lugar? Eu teria!

Bom, voltando à solução do problema de se preocupar com dinheiro. Acabei de explicar. A saída é o bom humor, é dar risada. Na mesma revista há uma página dedicada a Onassis, com mais uma dúzia de comentários sobre a riqueza, depois dos quais é impossível levar o assunto de ser muito rico, a sério. Termino aqui com algumas pérolas desse milionário doido;

Não ser descoberto numa mentira é o mesmo que dizer a verdade.

A partir de um certo ponto, o dinheiro deixa de ser o objetivo. O interessante é o jogo. 

 Pinto os cabelos de preto para os encontros amorosos e de branco para as reuniões de negócios.

Um milionário deve sempre viver um pouco além de suas posses - para manter a credibilidade.



PS: Se voce tiver curiosidade para saber quem são os Top 10 do mundo, confira aqui: http://top10mais.org/top-10-homens-mais-ricos-do-mundo-2012/ . Também recomendo http://pt.wikipedia.org/wiki/Arist%C3%B3teles_Onassis se quiser saber mais da vida desse magnata grego que  adquiriu sua fortuna como empresário de marinha mercante, tornando-se o empresário mais famoso do mundo do século XX no setor.


quinta-feira, 19 de julho de 2012

Sintomas de que você iniciou um despertar espiritual

Nota: A postagem da semana deveria ser uma homenagem ao meu mais amado guru Stephen R. Covey, que faleceu nesta, e que influenciou milhões de pessoas com seus livros, audios e materiais de treinamento alinhados com "Os 7 Hábitos das pessoas altamente eficazes". Fica para o post seguinte.


Vou colocar aqui doze sintomas que foram observados em seres que iniciaram seu despertar. Eu gostaria de ter todos eles. Publiquei no facebook de amigos, e para minha felicidade, muitos deles tem alguns dos sintomas. Estou sentindo uns quatro e acho que está ficando mais grave a cada dia. Aqui vão:


1. Uma maior tendência para deixar as coisas acontecerem ao invés de fazê-las acontecer.
2. Ataques frequentes de sorrir.
3. Sentimentos de estar conectado com os outros e com a natureza.
4. Freqüentes episódios irresistíveis de apreciação.
5. A tendência de pensar e agir espontaneamente ao invés de agir em funcão do medo baseada nas minhas experiências passadas.
6. Uma habilidade inconfundível para desfrutar de cada momento.
7. A perda da capacidade de se preocupar.
8. A perda de interesse em conflito.
9. A perda de interesse em interpretar as ações dos outros.
10. A perda de interesse em julgar os outros.
11. A perda de interesse em me auto julgar.
12. Adquirir a capacidade de amar sem esperar nada em troca.

E você, tem sentido algum destes sintomas?

MR.

PS: Uma dica light. Para começar bem o final de semana, visite o Blog da amiga Julia Amado, com dicas para comer coisas especiais (bem chic: http://lacuisineamusante.wordpress.com/), cujo nome nem consigo escrever de tão sofisticado.

quarta-feira, 27 de junho de 2012

Seria o Universo, seria um espirito religioso, uma entidade espiritual ou divindade, ou simplesmente o acaso? A sorte?

Cada um vê o mundo de um jeito e explica o que acontece de acordo com sua ótica.

Por isso tomei um email de corrente e adicionei estes comentários iniciais.
Para você refletir.
Qual genio da Psicologia falou  que você é você e o seu "entorno", os seus "surroundings"?
E de que maneira a sua autação muda o desfecho de cada dia?
Interprete com a explicação que quiser.

O email começa assim:
"Um rapaz pediu a Jesus um emprego, e uma mulher que o amasse muito.



No dia seguinte, abriu o jornal e tinha um anuncio de emprego. 


Ele foi, viu a fila muito grande e disse: eles são melhores do q eu, e foi embora.
 


No caminho, um garoto lhe deu uma rosa ....no ônibus ele chateado joga a rosa fora.
 


E ao chegar em casa briga com Jesus
 
É assim que me tratas? É assim que me amas ? 



E vai dormir. Em sonho, Jesus lhe diz:
 

O emprego era seu, mas vc ñ confiou e desistiu antes mesmo de lutar; aquela rosa foi eu que te dei... inspirei aquela criança a lhe dar!!!
 

O amor da sua vida, estava sentada ao seu lado, em vez de vc dar a rosa a ela, jogou fora.
 


Vc entendeu como Jesus age na sua vida?
 

Ele abre as portas te mostra o caminho mas a tua fé é tão pouca que desiste no primeiro obstáculo. Não desista confie que Jesus pode agir na sua vida.
 
Os obstáculos existem para ver até onde vai a tua fé. 

(O primo diria: "O Universo está testando o quanto realmente você quer o que pediu."
eu mesmo inumeras vezes seinti que quanto mais perto de chegar aonde queria, mais dificuldades o Universo colocava diante de mim. Algumas vezes desisti a dois metros da linha final. Outras não desisti e fui até o fim. )

domingo, 24 de junho de 2012

Repasse para todos jogadores, árbitros e bandeirinhas do futebol

Para que nao passem mais vergonha, aprendam pelo menos a primeira parte!


Parte I

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Ps: nos quatro anos de ensino primário, cantávamos todas as manhas ao hastear a bandeira.


terça-feira, 12 de junho de 2012

Vai acabar regra de quem chegou primeiro para explorar o Recurso Mineral

Fosfatos. Mais que um ingrediente de multivitamínico, esta substância é usada na produção de fertilizantes, e FUNDAMENTAL para alimentar o mundo. Ontem a Veja Online publicou importantes notas de que o Governo promoverá a realização leilões de áreas para exploração de fosfato em Estados onde reservas eram desconhecidas, em várias regiões do Brasil,  Amazonas, Rio Grande do Sul, Ceará, Paraíba e Piauí.

Mas também uma mudança fundamental na maneira como empresas poderão explorar o recurso do subsolo brasileiro: LEILÕES. Ao invés de fazer os atuais requerimentos de pesquisa e lavra, agora as mineradoras mudam para o sistema de leilões, tal como ocorre no setor de petróleo.

Áreas de potássio, fosfato, terras-raras ou com elevado potencial de minério e ferro, deverão ser disputadas entre empresas, e não mais concedidas pelo critério do "quem chega primeiro", como é conhecido atualmente.

O novo marco regulatório prevê ainda o estabelecimento de prazos exploratórios às mineradoras, sob pena de devolução da concessão à União quando não cumprirem as novas regras. Isso deve agitar o mercado.



O governo deve aumentar o royalty da mineração dos atuais 2 por cento sobre o faturamento líquido para 4 por cento sobre faturamento bruto. Paralelamente, deve implementar uma alíquota flexível, que deverá variar conforme o mercado. Se o momento for de euforia, com preços elevados, o royalty tenderá a ser maior que em períodos de demanda desaquecida.

sábado, 9 de junho de 2012

Parada Animal do Pessoal na Paulista

Fiquei revoltado com o transito totalmente caótico e parado em SP.
Agora descobri porque o comercio estaria tão movimentado em meio ao feriado...

"Plumas, perucas e cílios postiços estão entre os artigos mais comprados pelo público da parada na 25 de Março.

"Estamos vendendo muitos óculos e maquiagem de cores vivas também", conta Lidiane Fagundes, gerente de uma loja de fantasias na ladeira Porto Geral.




Proprietário de uma loja de fantasias, Pierre Sfeir disse que, há dez dias, as vendas de produtos mais extravagantes aumentaram.

"Vendemos bastante. Essa temporada é muito boa para o nosso comércio", disse.

3 MILHÕES

A organização da parada estima que o público deva superar 3 milhões de pessoas.

Cerca de 30 câmeras vão monitorar o trecho onde será realizado evento.

Quatro delas são de um novo modelo que a prefeitura adquiriu há um mês e está em fase de testes.

"Esse tipo de câmera detecta, automaticamente, situações de vandalismo, comércio irregular ou qualquer tipo de anomalia e emite um alerta para que os operadores possam tomar providências", explica o secretário municipal da Segurança Urbana, Edsom Ortega."




Pois é, vitamina na economia da cidade, trazida pela diversidade!

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Blog desconectado


Uma amiga que curtiu o Animal Mineral e Pessoal faz um tempinho, refletiu muito se escreveria um blog. Depois me enviou uma postagem, para que eu a pudesse colocar "no ar". O texto dela ficou no meu Notebook em alguma pasta de download, que demorei meses para fazer uma organização. Então, atrasada, aqui está. 

"MR:
Em um daqueles muitos momentos de procrastinação, em que a mesa está cheia de trabalho, mas a vontade  dispersa, deixo-me levar  pela corrente internética, que começa pelas redes sociais, segue pela curiosidade de saber mais de um ou de outro, de ver o que estão dizendo ou ouvindo por aí, caio em links e blogs conhecidos e desconhecidos. Há os temáticos que às vezes visito, como os de sustentabilidade, vida simples, educação infantil, mulheres enroladas com finanças,  etc., que compõe alguns de meus interesses do universo cotidiano, há os pessoais, como agora o seu “Animal, mineral e pessoal”.
Acabo fuçando seus escritos, me surpreendo com algumas coisas identifico-me com outras, divirto-me.
Então começo a lembrar de meus escritos, espalhados em cadernos já empacotados, agendas antigas ou pastas  arquivadas no computador. Tenho minhas fases de escrever. Às vezes com cara de diário, às vezes em processos catárticos nas intensas crises existenciais,  outras na ânsia de registrar fatos preciosos como passagens curiosas dos filhos que crescem e nos encantam sempre. Fico meses sem escrever, de repente acho interlocutores diferentes, entro em ondas de correspondência que às vezes duram, às vezes passam.
Lendo os escritos alheios postados para quem quiser, fiquei pensando nessa prática da escrita reflexiva, da conversa com nosso umbigo, na vontade de dar conta de registrar as pequenas emoções cotidianas que nos constroem, de compartilhar, de escutar. Penso em coisas que escreveria, como fazem algumas amigas em seu murais no Facebook, que compartilham da TPM ao sucesso profissional, da receita para o almoço a uma lembrança da infância. É curioso. Tem um lado que me atrai outro que me retrai, pois me assusto um pouc o com a mania de escrever a todo o momento em twiters e coisas tais.
Se eu não tivesse meus pudores profissionais, a convicção de que devo me expor o menos possível para não cair na curiosidade dos meus pacientes psis ou alunos espalhados pela educação (mesmo sabendo que sem querer vão me expondo, aparecem fotos não postadas por mim, informações...), acho que teria coisas a compartilhar sim. Desse jeito, assim “pensamentos aleatórios” que nos invadem no dia a dia...
Nesta semana teria falado da jabuticabeira produzindo como nunca em meu quintal, associando a poemas sobre a primavera; da convivência com os meninos no sábado em que fomos a uma exposição muito legal (Já fica a dica: Do dinamarquês Olafur Eliassom, que faz parte da mostra de arte contemporânea espalhada no sesc pompeia, Belenzinho e pinacoteca) e acabamos caminhando por uma hora até chegar em casa, conversando, nos curtindo um pouco em um gostoso momento de trégua do stress cotidiano ;ou até mesmo postado um comentário revoltado sobre os desmandos a que somos submetidos quando inseridos na educação publica e suas politicas (além de psicanalista, sou formadora de educadores de educação infantil e entre outras coisas estou em um projeto no interior de São Paulo, uma parceria entre ong, prefeitura e iniciativa privada e de vez em quando surgem pedras no caminho). Enfim, vivemos coisas que poderia contar no mural das redes...
Ou até em um blog ou coisa parecida. O que escreveria? Poderia ser um blog temático, tanto profissional quanto pessoal, que como assunto poderia eleger o universo dos bebes e da educação infantil (algo que urge sistematizar) ou as agruras contraditórias de uma mãe de pré adolescentes em tempo de consumismo e urgência de transmissão de valores. Ou quem sabe compartilhar os diferentes momentos reflexivos que já duram três anos do ciclo montanha-russa que é o processo interminável de uma separação conjugal, mesmo quando as coisas vão bem; ou ainda dos rituais domésticos de quem vive em uma casa, anda de bicicleta e curte a horta e o jardim.
Muito louco tudo isso, engraçado começar a escrever e quando vejo, é para alguém que mal conheço. Mas como disse, com o qual tive links de identificação e empatia nos momentos quase ‘voayerista’ em que naveguei no seu blog: os arroubos de amores pelos filhos mesmo quando os chamamos de chatões; o cansaço do ritmo da vida contemporânea e suas pressões; o gosto em fazer feira apreciando cheiros e cores; a pausa para lubrificar a bicicleta; o interesse pela musica; as ‘filosofadas’ sobre o tempo, a alma e o plano espiritual; etc..
E assim segue a vida como tem sido, com brechas para lembrarmos de registrar coisas simples e fazer algumas escolhas nessa multiplicidade desvairada de opções que vão se apresentando nesse mundo louco que você lembrou bem quando disse que “Estamos presenciando a aceleração da humanidade para a insanidade total. Se tivéssemos mais calma e lembrássemos do ciclo da Terra, da velocidade com que se forma um diamante, estaríamos melhor.
Paro por aqui, apesar da vontade de mexer na terra e lapidar diamantes, preciso dar conta de agendas, relatórios, planejamentos  e estudos...trabalho!
Um beijo, bom resto de semana curta.
Teca

domingo, 13 de maio de 2012

Essa coisa de animal que é o amor.


Ou, na verdade, o que NÃO É o Amor.
 
Esta já recebi via internet, mas parece que andou sendo alvo de upgrade.
Enquanto assisto a Dilmaluca pronunciar-se no Dia das Mães sobre creches e saúde, resolvo que vale a pena um pouco de humor para aliviar a tensão do Domingo à noite.
(Sabem que há muito mais infartos neste horário que na segunda-feira de manhã? O ser humano sofre por antecipação.)
Também sofre por amor, sem saber direito o que é o amor.
 Então vamos falar o que ele NÃO É!
 
  
O amor não ilumina o seu caminho.
O nome disso é poste.
 
O amor não é aquilo que supera barreiras.
O nome disso é gol de falta.
 
O amor não faz coisas que até Deus duvida.     
O nome disso é Lady Gaga.
 
O amor não traça o seu destino.
O nome disso é GPS.
 
O amor não te dá forças para superar os obstáculos.
O nome disso é tração nas quatro rodas.

O amor não mostra o que realmente existe dentro de você.
O nome disso é endoscopia.

O amor não atrai os opostos.
O nome disso é imã.

O amor não é aquilo que dura para sempre.
Isso é a Hebe Camargo.

O amor não é aquilo que te deixa sem fôlego.

O nome disso é asma.

O amor não é aquilo que te faz perder o foco.
O nome disso é miopia.

O amor não é aquilo que te deixa maluco, te fazendo provar várias posições na cama.
O nome disso é insônia.

O amor não faz os feios ficarem pessoas maravilhosas.
O nome disso é dinheiro.

O amor não é o que o homem faz na cama e leva a mulher à loucura.
O nome disso é esquecer a toalha molhada



O amor não faz a gente enlouquecer, não faz a gente dizer coisas pra depois se arrepender:

O nome disso é vodka com speed.


O amor não faz você passar horas conversando no telefone.
O nome disso é promoção da TIM/OI/VIVO/CLARO...

O amor não te dá água na boca.
O nome disso é bebedouro.

Amor não é aquilo que, quando chega, você reza para que nunca tenha fim.

O nome disso é férias.
O amor não é aquilo que te alegra, mas depois te decepciona.
Isso é pote de sorvete.

O amor não é aquilo que entra na sua vida e muda tudo de lugar.
O nome disso é empregada.

O amor não é aquilo que te deixa bobo, rindo à toa e  sem  saúde .
O nome disso é maconha.

O amor não é aquilo que gruda em você, mas quando vai embora arranca lágrimas.

O nome disso é cera quente.






 


 
 




terça-feira, 17 de abril de 2012

Mineral especial é fundamental para alta tecnologia do futuro


Já ouviu falar de Lantanídeo, Praseodímio, Samário? E de Gadolínio e Európio?
Tinha na Tabela Periódica de quando voces estudavam para o vestibular. Ainda tem, claro.
Estes minerais - 17 elementos químicos chamados "Terras Raras" - são usados em alta tecnologia presentes no nosso dia-a-dia e que vão dos auscultadores, colunas de som e smartphones até aos sistemas de orientação dos misseis, passando pelos processadores, memórias, turbinas eólicas e os automóveis híbridos e eléctricos. 
A crescente importancia de High Tech podem vir a transformar as Terras Raras no petróleo do século XXI.
No Brasil a CBMM produz 95% do Nióbio que faz a carroceria dos veículos ficarem 5 a 15% mais leves na liga Ferro-Nióbio.
A Vale está procurando Terras Raras.

Veja o artigo do Rodrigo Leite de ontem / 16/04/2012 
Teremos que nos preocupar em encontrar nossas fontes.


**Comentários no site. 

As atenções no setor de Terras Raras estão voltadas para a China, após a criação de uma associação do setor composta por 155 membros. 

A criação da Associação da Indústria de Terras Raras, que é um conjunto de 17 minerais utilizados em produtos tecnológicos, veio como resposta à União Européia, Estados Unidos e Japão que entraram com uma reclamação junto à OMC. A China havia estabelecido cotas de exportação com o intuito de beneficiar a indústria tecnológica do país e atrair indústrias estrangeiras Além de estabelecer tarifas de exportação para dificultar a competição internacional. As medidas protecionistas adotadas pela China influenciam o preço mundial e prejudicam os fabricantes de produtos tecnológicos como iPods, televisores, CD's, telefones celulares e equipamentos de energia limpa, baterias para carros elétricos, bem como a indústria armamentista. O país consegue influenciar o preço mundial das commodities, pois é o maior produtor de Terras Raras do mundo e detém 30% das reservas e 97% da produção mundial. 

O argumento Chinês para estabelecimento da cota de exportação para os minerais se baseia na proteção do meio ambiente, mas a recente criação da associação é mais uma demonstração de tentativa de proteção do mercado Chinês. A associação da indústria de minerais raros é composta pelos maiores produtores chineses, uma vez que a China não permite que empresas estrangeiras explorem os minerais em seus territórios. Sabe-se que a China, no entanto, não é o único país com grandes depósitos dos minerais. Os Estados Unidos, por exemplo, fecharam suas minas na década de 80, pois visava se beneficiar dos baixos preços do país asiático e porque a exploração gera grandes danos ao meio ambiente. Com base nisto, a China defende o seu direito de proteger os seus recursos limitando a exploração dos mesmos. 

A China, possivelmente, perderá o caso junto à OMC que vem buscando o impedimento de quotas nas relações comerciais entre países, mas será um processo longo. 
Por isso devem ser consideradas outras alternativas ao problema da oferta de Terras Raras. 
O Japão, por exemplo, está buscando uma aproximação da Mongólia, que também detém grandes reservas dos minerais. 
Os Estados Unidos e Canadá poderiam explorar suas minas inoperantes, mas optaram por parcerias com empresas australianas. 
No Brasil, recentemente, foram encontradas grandes reservas de alguns dos minerais, na Bahia, pela WMR, e no Pará pela Vale, que podem render mais de $8 bilhões á economia do país. 

Explorar essas reservas significa fornecimento contínuo dos minerais mas também representam produção mais cara e impedem competitividade com os produtos desenvolvidos no mercado chinês, com diferenças que podem chegar a 300%. Por isso, espera-se que os governos que se vêem prejudicados com a proteção ilegal chinesa venham retaliar as medidas protecionistas e afetar o comércio em outras áreas produtivas, gerando um transbordamento para outras áreas. 

Diante do atual cenário econômico, a China está se beneficiando do recebimento das maiores empresas de tecnologia do mundo que utilizam o mercado chinês para produzir com mão de obra mais barata e para obter os recursos necessários para os produtos tecnológicos. A disputa proposta na OMC deve ser longa. No entanto, para aumentar a competitividade dos seus produtos, os países desenvolvidos deverão impor sanções e medidas de retaliação contra a China a fim de pressionar o país a suspender as quotas de importação e permitir uma concorrência mais justa. Resta saber, até que ponto essas sanções podem afetar a economia chinesa e se a China será capaz de provar que as medidas adotadas visam, realmente, a proteção ambiental do país. Uma possível vitória da China junto à OMC parece distante, pois poderia gerar precedentes para o estabelecimento de quotas que são, exatamente, o "vilão" que a Organização vem buscando combater ao longo dos últimos anos. 

Rodrigo Leite é colunista do Engenharia de Minas News - 
Analista Internacional 


quarta-feira, 11 de abril de 2012

O que estou assistindo

O futuro já chegou, conforme foi previsto há 60 anos atrás. De acordo com o filme feito pela General Electric (GE, não, não é um militar americano), "Imaginando o futuro em 1954" - interessantíssimo.

Filme no Youtube da GE de 1954


Fora isso, o tempo gasto com Facebook e leitura de livros simultaneos me tirou todo o tempo de bloggar.
Recomendo:

O QUE FARIA MAQUIAVEL?
Os fins justificam os maus
Stanley Bing 

Se você não tem uma tendência a ser um Maquiavel, pelo menos vai identificar aqueles à sua volta, que seguem as lições do mestre. Aprenderá a se defender deles. Mais ou menos.

Nietzsche para estressados

Allan Percy


Fácil de ler...como um manual, para ler uma pagina de cada vez. São 99 máximas do gênio alemão e sua aplicação a várias situações do dia a dia.  Sem dúvida pode te  auxiliar nos momentos de tomar decisões, recuperar o ânimo, encontrar o caminho certo e relativizar a importância dos fatos da vida. 


Enquanto isso tenho usado as bicicletas do Bike Rio para ir ao trabalho. Funcionário verde.

E o Brasil é um país muito cheiroso, porque já foi colônia.

domingo, 1 de janeiro de 2012

As melhores resoluções de Ano Novo



Nesta entrada de 2012, comecei o ano com absolutamente nenhuma resolução.
Nada. Eu vivi o momento de estouro das garrafas e fogos de artifício, e abracei as pessoas à minha volta.
Parece que foi algo motivado pelo seguinte ciclo: estabelecer metas grandiosas, motivadas por sei lá o que, para obter coisas ou atingir degraus que eu nem sei porque eu deveria querer. É o ego da gente que entra em cena no dia 31 de Dezembro e nos faz estabelecer aquelas metas. Isso falando de maneira geral. Muitos conseguem calar o ego e deixar a voz interior falar, aquela que fala bem baixinho e sabe realmente o que estamos aqui para experimentar e fazer.



Já estabeleci muitas metas, e consegui atingir muitas delas, mudanças de emprego, cidade, país, moradia, ganhos financeiro, e muitas me consumiram muita energia e deixaram com a frustração de estar subindo a escada errada.

Sonhos são coisas boas. Persiga-os. Transforme alguns em metas, colocando datas, prazos, cores, tamanhos, coisas palpáveis.

Mas para 2012, estou criando uma resolução a cada dia. Pequenas coisas na semana que vão se somar e me transformar mais profundamente. Moldando minha jornada diária, naquilo que eu quero que seja meu caminho. Aqui e agora. Um dia de cada vez.