sábado, 6 de outubro de 2012

O Animal dentro de você pode ter raiva

Tenho muita raiva, às vezes. Mas não como o poderoso Hulk, que confessa que seu segredo é ter raiva o tempo todo, e por isso a controla e a usa. (Veja o filme "Os Vingadores")

A raiva pode facilmente tornar-se a emoção a quem sempre recorremos, e pode ser prejudicial. Pense um pouco, segure as pontas, e para remediar isso caso seja um problema, pegue umas dicas com um bom Psicólogo. Ele(a) vai te dizer que você precisa começar a perceber quando e por que você fica com raiva.
"Às vezes, quando sentimos raiva, ela está vindo de um lugar profundo, que pede um reconhecimento e forma de expressão. Nessas horas, é importante que encontremos maneiras saudáveis ​​de honrar a nossa raiva, lembrando o quanto é perigoso para nós, reprimi-la. No entanto, a raiva também pode se tornar um hábito, o nosso paradeiro sempre que as coisas dão errado. Muitas vezes isso é porque, por algum motivo, nos sentimos mais confortáveis ​​expressando raiva do que quando temos outras emoções, como tristeza. Também pode ser que ficar com raiva nos dá a impressão de que fizemos algo a respeito do nosso problema. Nesses casos, nossa raiva habitual vai inibir tanto a nossa capacidade de expressar nossas emoções e quanto a capacidade de deixar outros sentimentos agir em nossas vidas.
Se é verdade que a raiva está funcionando desta forma em sua vida, a primeira coisa que você pode querer tentar fazer é notar quando você fica com raiva. Você pode começar a ver um padrão de algum tipo. Por exemplo, você pode notar que é sempre a sua primeira resposta ou que se trata de uma resposta a uma situação particular. Se o padrão não fica claro de imediato, você pode tentar manter um diário sobre quando você fica com raiva e ver se você pode encontrar qualquer significado subjacente. A coisa boa sobre manter um diário é que você pode explorar a sua raiva mais profundamente nele.

Este tipo de auto-percepção pode ser um agente de transformação formidável.
A raiva pode ser um poderoso aliado, uma vez que é um sentimento cheio de energia que podemos aproveitar e usar para criar uma mudança no mundo. É uma das emoções mais catárticas, e que também pode ser um produto de limpeza muito eficaz do sistema emocional. No entanto, quando se torna um hábito, ela realmente perde o seu poder de transformar e se torna um obstáculo para o crescimento. Identificando as peças do quebra-cabeças do papel da raiva na sua vida, quem sabe voce poderá restaurá-lo à sua função adequada, e trazer nova energia e expansividade para a sua vida emocional." 


Tirado de Habitual Anger/ Unblocking the Ally

by Madisyn Taylor

Nenhum comentário: