quinta-feira, 23 de abril de 2009

Brincadeiras de viver a vida

Fui participar como conferencista deste evento hoje pela manhã, falei para umas 200 pessoas.
http://www.minerios.com.br/index.php?id_noticia=1368

mas escreveram o nome da minha empresa errado... tudo bem.
Branding sofre às vezes. Mas não é por isso que postei esta entrada no blog.
Foi só a desculpa do evento.

Anteontem quase chorei com uma pessoa que ria. Um deficiente auditivo colocou um aparelho na cabeça, que o fez ouvir pela primeira vez. Ele falava e ria
"Estou ouvindo a minha voz! É A MINHA VOZ!"
...e ele ria, ria e RIA! Parecia que tinha ouvido a piada mais engraçada do mundo. E falava de novo "To falando alto, né? É A MINHA VOZ!" e ria até não poder mais, de alegria. Minha vontade foi de chorar, sei lá, de alegria por ele, ou de ver como tem gente que tem tanta dificuldade prática no dia a dia, e encara melhor a vida que a gente.

Ontem quase ri com umas pessoas que choravam. Deputados chorando que não teriam passagens aéreas para visitar a família no dia do aniversário do filho, porque vão limitar essa mordomia. Como o mundo é duro e injusto com eles.

Rir e chorar, a gente só faz aqui. Cada vez mais me convenço de que como seres espirituais e divinos, nós viemos ter essa experiência terrena para nos divertimos com essas emoções primitivas mas puras. Queremos exercitar nossas decisões e usar o livre arbítrio, brincar de criadores de Universos, mas no âmbito do indivíduo.

Nenhum comentário: