sábado, 6 de fevereiro de 2010

ONDE VOCÊ COLOCA O SAL?


ONDE VOCÊ COLOCA O SAL?

O velho Mestre pediu a um jovem triste que colocasse uma mão cheia de sal em um copo d'água e bebesse.

Qual é o gosto? - perguntou o Mestre.
Ruim
- disse o aprendiz.

O Mestre sorriu e pediu ao jovem que pegasse outra mão cheia de sal e levasse a um lago.
Os dois caminharam em silêncio e o jovem  jogou o sal no lago.

Então o velho disse:
- Beba um pouco dessa água.

Enquanto a água escorria do queixo do jovem o Mestre perguntou:
- Qual é o gosto?'
- Bom!
disse o rapaz.
- Você sente o gosto do sal?
perguntou o Mestre.
- Não...
-disse o jovem.

O Mestre então, sentou ao lado do jovem, pegou em suas mãos e disse:
- A dor na vida de uma pessoa não muda.
Mas o sabor da dor depende de onde a colocamos.
Quando você sentir dor, a única coisa que você deve fazer é aumentar o sentido de tudo o que está a sua volta.
É dar mais valor ao que você tem do que ao que você perdeu.
Em outras palavras:
 É deixar de Ser copo para tornar-se um Lago.

(Pensamento Zen-Budista)

Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos.


Hotmail: Trusted email with powerful SPAM protection. Sign up now.

3 comentários:

Jou Jou Balangandã disse...

Adoro esse pensamento. Sua atitude perante os fatos é bem mais importante que o fato itself.
Ótima semana!

* Luciana * disse...

Essa é uma grande verdade que muitas vezes nos esquecemos de colocar em prática. Tá certo que muitas vezes a prática é mais difícil que a teoria, mas não quer dizer que seja impossível. Não podemos é deixar de tentar sempre!

Boa semana pra você, MR!

paula barros disse...

Uma vez eu li uma frase que dizia assim: o problema não é o problema e sim o que fazemos com ele. Lembrei ao ler esse daqui.

As vezes penso que aumento um pouco alguns problemas, mas quando lembro do que já superei tenho certeza que aprendi a ser lago. E aprendi a nadar e a mergulhar.

beijo, e que tenhas uma semana boa.