terça-feira, 8 de setembro de 2009

Independencia dos EUA - pelo Brasil


Parece que foi essa a mensagem do Lula ao seu "amigo" Obama. Um soco no estômago. Isso depois do Obama dizer que ele era "o cara".

Com a compra bilionária de caças Rafale em detrimento dos F-18 Hornets americanos, com os submarinos e helicopteros franceses, o Lula deixa claro que teremos um parceiro forte na França do Sarkozy.

E que Colombianos, Venezuelanos, Bolivianos, fiquem quietinhos na fronteira, pois senão o pau vai comer. Os Rafale decolam em 400m de pista e atacam até 8 alvos simultâneos. Os helicópteros transportam um pelotão cada um, e são 50 deles.

E França vai reciprocar comprando aviões da EMBRAER de transporte.

Será que o Tio Sam vai rever tarifas protecionistas contra o suco de laranja, o aço e outros produtos brasileiros?

(O mapa mostra o local dos visitantes deste blog de ontem)

5 comentários:

Anônimo disse...

Em outra nota, meu amigo Nelson comentou:
"Entao olha o anucio da lei do pre sal. O Mexico, a Venezuela e o Equador possuem reservas de petroleo importantes e nenhum deles consegui tirar o povo da pobreza. Pelo contrario a classe media Venezuelana ja foi a maoir importadora mundial de scotch... O pior que falam com orgulho disso!!! "

Depois ele comenta que Lula está seguindo as estrategias dos militares brasileiros pre-democracia. Tem razao, cara!

Maldita Futebol Clube disse...

Legal , o mapa..show de bola. Agora, gostei da resposta de lula ao Tio Sam. A nossa amazônia tá sendo invadida faz tempo pelos americanos, que pesquisasm e extraem o que querem de lá , sem que nada façamos! abs, leandro

_Vascao_ disse...

Sensacional o post, já esta nos meus favoritos. Quanto ao Tio Sam, é bom que comece a rever seus pensamentos quanto a América do Sul e que os Hugos Chaves de plantão se aquietem ou é pau de dar em doido pra tudo quanto é lado.
Abraço
Jeferson

MR disse...

Obrigado Leandro e Jeferson pelas visitas. As vezes é preciso mudar o tom um pouco e ser mais incisivo.

Dedinhos Nervosos disse...

Li hj que o Obama vai oferecer algumas "vantagens" que a França tb já se mostrou disposta. Tem caroço no angú.