domingo, 24 de agosto de 2008

(Pensamento Zen-Budista)

Recebi da Marília este lindo pensamento em forma de estória, aqui sumarizada.


Uma colher de sal em um copo d'água tem um gosto muito ruim.

O mesmo sal adicionado a um lago, não afeta o sabor da água.

A parábola nos mostra que a dor ou sofrimento na vida de uma pessoa tem o impacto inversamente proporcional ao valor de tudo que você tem do que você é e tem, no sentido espiritual.

É o ensinamento de "deixar de ser copo para tornar-se um lago."

Do post do Ubuntu,
evoluímos para o Zen,
"Somos o que fazemos, mas somos principalmente o que fazemos para mudar o que somos."

Nenhum comentário: