quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Energia para viver melhor

Estava lendo um livro, The Power of Full Engagement, de Jim Loehr & Tony Schwartz, que prega que energia é o principal insumo a se gerenciar, não o tempo, para ter sucesso.

E que as fontes de energia são físicas, mentais, emocionais e espirituais.

Recebi, logo depois, de uma amiga, um email falando sobre uma escritora e filósofa americana, Dana Zohar, que aborda um tema tão novo quanto polêmico: a existência de um terceiro tipo de inteligência que aumenta os horizontes das pessoas, torna-as mais criativas e se manifesta em sua necessidade de encontrar um significado para a vida.

Perguntada sobre o que é inteligência espiritual, ela respondeu:
"É uma terceira inteligência, que coloca nossos atos e experiências num contexto mais amplo de sentido e valor, tornando-os mais efetivos."



Segundo ela, podemos ter uma vida mais rica e mais cheia de sentido, pois isso aumenta nossos horizontes e nos torna mais criativos.

" Isto está ligado à necessidade humana de ter propósito na vida. É ele que usamos para desenvolver valores éticos e crenças que vão nortear nossas ações."

4 comentários:

Jeferson / Rio Negrinho-SC disse...

Intrigante e interesante.
Abraço
Jeferson

Selena Sartorelo disse...

Sincronicidade é uma palavra bem dita por poucos e dita por muitos.

beijos

Dai disse...

O problema é saber lidar e inesgotar essa fonte.
Com tanta correria, tantas atribulações, é praticamente impossível canalizar essas energias de uma forma proveitosa.
Mas nao custa tentar e utilizar de todos os recursos para isso.

Beijinhos...tenha uma ótima sexta.
Te cuida.

Dedinhos Nervosos disse...

O engraçado é qeu sempre acreditei nessa "inteligência", mas não dando este nome a ela, a gente conseguir identificar muito bem que a possui. ;o)
Adorei o post.
Bj.